sao paulo soneto da derrota

Soneto de fim de turno na Bahia

Acabou, Dorival,

o turno do Brasileirão

e o Tricolor vai mal

com medo da Segunda Divisão.

 

O ataque está normal,

mas a zaga é decepção.

Com Hernanes sensacional,

o meio não está regular não.

 

Agora, em jogos, faltam dezenove.

É um novo campeonato, um desafio,

a nossa prova dos nove.

 

Já que hoje ficamos por um fio,

e, a não ser que você inove,

Dorival, sentiremos, do Z4, calafrio.

 

 

Apenas com poesia para lidar com o nosso Tricolor, nobres colegas. No entanto, este gato segue acreditando…

Comente aqui...

comentário

Maria Marques

Apaixonada pelo Cruzeiro desde criança, quando assistia aos jogos sentada ao chão junto ao meu pai que me ensinou a vibrar, xingar, reclamar, desistir, retornar, defender e atacar. Pra mim "Existe um grande clube na cidade​/que mora dentro do meu coração​/eu vivo cheio de vaidade​/pois na realidade é um grande campeão​"!